2018! Seja o protagonista de sua vida!

02.01.2018

 

 

Ano vai, ano vem e as pessoas fazem promessas para o novo ciclo que se inicia. Há aqueles que querem emagrecer. Alguns se comprometem a estudar. Temos pessoas que pretendem mudar de emprego. São vários os que falam sobre ter uma vida menos sedentária. Ler com mais frequência, dedicar-se a causas sociais, escrever livros, viajar pelo mundo inteiro, abrir um restaurante ou uma pousada, aprender a tocar piano... há várias promessas e sonhos listados e possíveis...

Quantas são as pessoas que realmente levam adiante estas promessas?

Você, que neste momento lê este artigo, pare e pense a respeito de suas metas e objetivos para o próximo ano e também em relação ao que já pretendeu fazer quando as folhas do calendário anunciavam a chegada de anos anteriores... O que você conseguiu, efetivamente, realizar?

O que está em pauta aqui não são as promessas em si mesmas, mas o nível de comprometimento que você tem em relação a você mesmo e ao mundo no qual você vive.

Qualquer que seja sua meta, uma vez colocada numa lista de intenções, qual o grau real de desprendimento, busca, obstinação e foco que você tem para chegar lá?

A maioria das pessoas quer muitas coisas, sejam elas parte de uma lista de promessas que fazemos na virada do ano ou em qualquer outro momento de nossas vidas. A diferença entre aqueles que conseguem chegar lá e os que não conseguem é justamente o quanto de envolvimento real e trabalho árduo e mudanças de atitudes foram feitas para atingir tais objetivos as pessoas aplicam em suas jornadas.

Imaginem, por exemplo, os homens que estipularam como meta construir foguetes que permitissem viagens para outros planetas...

Pensem em escritores que se propuseram a um trabalho de anos para construir livros e obras sem saber se seus originais seriam aceitos por alguma editora, se seriam publicados, se atingiriam leitores...

Calculem como seria o mundo hoje se navegadores como Colombo, Vasco da Gama ou Cabral não se dispusessem a singrar os mares em busca de novas terras, povos, produtos e riquezas em suas embarcações...

Se coloque no lugar de um agricultor com um grande campo a sua frente, prestes a iniciar a produção de alimentos, diante de todo o trabalho que isso representa, sem saber o final da história, confiando em si mesmo e nas pessoas que com ele atuam, para iniciar esta ação...

Somente assim surgem as realizações, de diferentes tamanhos e envergaduras, a alimentar a humanidade, seja para o corpo ou para a alma, a trazer histórias como a de um lenhador simples que se tornou presidente de uma das maiores e mais promissoras nações do mundo, de um brasileiro que queria voar, de uma menina mulçumana que ousou sonhar e batalhou por um mundo onde a educação se tornasse algo acessível a todos, independentemente de cor da pele, gênero, religião...

Se por vezes não chegamos lá, pelas intempéries que por vezes a vida e os contextos específicos em que vivemos nos impõem, não podemos considerar que nossas ações foram fracassadas e, menos ainda, que desistir delas seja uma opção. As promessas e sonhos devem continuar de pé para que um dia se concretizem. Amanhã é um novo dia e há tempo para recomeçar!

Se, por outro lado, falhamos porque nem ao menos começamos a perseguir nossos sonhos e desejos ou se, nos faltou força de vontade e obstinação para prosseguir rumo ao que desejamos, é preciso mudar de atitude, renovar o fôlego, atuar com força e empenho para que a superação de nossos limites aconteça. Afinal de contas, quem define até onde podemos chegar somos nós mesmos, ou seja, se não assumirmos nossos sonhos e desejos, projetos e promessas, não seremos jamais os protagonistas de nossas existências.

Seja o protagonista de sua vida! Realize seus sonhos! Faça com que suas promessas de ano novo aconteçam!

Salte efetivamente para 2018 e faça acontecer!

 

Please reload

Posts Em Destaque

AJUDAQUI - como tudo começou...

28/09/2017

1/1
Please reload

Posts Recentes

27/12/2018

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags